quinta-feira, 9 de maio de 2013

Um outro aroma, um outro sabor!


Com aquele friozinho chegando, sempre procuramos uma maneira gostosa de se esquentar e enfrentar os dias gelados. Sopas, fondues, vinhos e cappuccinos são ótimas opções.......e um café também sempre vai bem! Mas alguns momentos pedem um outro aroma, um outro sabor. E um bom chá é capaz de transformar um simples momento em um instante mágico! Desde o ritual de preparo da bebida até a hora de apreciar o seu sabor, tudo nele é um pouco místico.

O chá é uma bebida que, segundo historiadores, foi criada na China, há mais de 5 mil anos.  Diz a lenda que a bebida foi descoberta ao acaso, quando um imperador chinês estava fervendo água para torná-la livre de impurezas e caíram algumas folhas no líquido. Ao perceber o aroma gostoso, resolveu experimentar, achando muito saborosa a infusão e passando a ingerí-la com frequência.

Mas quem pensa que preparar uma xícara de chá é uma coisa simples, está muito enganado. Cada tipo de folha ou erva pede um ritual de preparo diferente. Tudo começa com a escolha da água. Recomenda-se usar água mineral, ou então filtrada. A temperatura também é muito importante. Nunca deve-se deixar a água ferver, e sim desligar o fogo assim que começar a entrar em ebulição. Depois disso, é só colocar a água sobre o chá!

O tempo de infusão também pode variar. Os chás de frutas podem ficar em infusão de 8 a 10 minutos. Já os verdes e pretos podem ficar no máximo 5 minutos, pois após esse tempo liberam uma substância chamada tanino, que deixa a bebida amarga. Para chás de raízes ou caules, o ideal é ferver as plantas em uma panela de barro. Desfrute o sabor do chá logo após o seu preparo!

Além de muito saboroso, muitos chás possuem propriedades medicinais, proporcionando um bem-estar e melhorando a saúde física e emocional das pessoas. Quem é que não tem uma receita de algum chá capaz de curar qualquer mal-estar?

Cada erva ou folha é indicada para determinadas situações, mas esse assunto fica para o próximo post!

Que tal um chazinho agora?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem prá gente!